Colunistas

O protagonismo tem de ser nosso

Dr. Yussif Ali Mere Jr
Presidente da Federação e do Sindicato
dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios
do Estado de São Paulo (FEHOESP e
SINDHOSP) e do SINDRibeirão

 

 

A máxima “Mais Brasil, menos Brasília”, dita pelo economista Eduardo Gianetti da Fonseca, nunca esteve tão latente. O país que queremos, para nós e para nossos filhos, está longe de ser alcançado. E a sensação é de que retrocedemos algumas décadas após os 13 anos de Partido dos Trabalhadores no poder, cujo aparelhamento do Estado, em comunhão com empresários corruptos, promoveu o maior assalto à mão armada de nossa história. Mas, o quanto disso tudo de ruim que tem acontecido no Brasil também não é culpa nossa?
A verdade é que a maioria de nós se omitiu. Algo começou a mudar quando as famílias foram para as ruas, para pressionar os deputados e os senadores a tomarem uma decisão. Dizem que o impeachment da presidente Dilma Rousseff foi um ato político. Arriscaria dizer que não teria acontecido se os brasileiros não tivessem tirado suas bandeiras do armário e ocupado os espaços públicos. A mobilização deu sentido aos acontecimentos e foi o grito que precisávamos para mudar.
A correção de rota foi feita e agora o caminho precisa ser traçado. Em pleno ano de eleições, nas mãos de quem vamos deixar esta tarefa? Empresários tem se mobilizado cada vez mais, a fim de criar movimentos que se integrem à política. Temos de liderar este processo, a fim de garantir um país com mais liberdade, que dê chance à livre iniciativa de prosperar e levar junto toda nossa população. O único caminho para se chegar a uma nação rica e próspera se dá pela liberdade, pela educação e pela valorização do trabalho honesto. São esses valores que precisam se multiplicar, em toda a sociedade e, também, dentro das nossas empresas.
Para despertar esse sentimento de pertencimento é fácil. Basta pensarmos no que nos move. O que nos guia? O que nos motiva? Trabalhamos tanto para fazer nossas empresas prosperarem por qual razão? Acredito que todos nós queremos, lado a lado, construir um país melhor. Começando pela família, pela vizinhança, pela cidade. Ninguém gosta de ver injustiça, pobreza, miséria, exploração e doença. Sonhamos todos. Mas o quanto nos envolvemos com a política para fazer com que as coisas realmente mudem?
Como fazer? Contribua. Vote certo. Participe ativamente. Manifeste-se. Acompanhe seu vereador, seu deputado, seu senador. Redija manifestos e bote a boca no trombone. Acesse o Portal da Transparência, fiscalize, cobre. Seja atuante e não tenha medo da política. É ela, bem-feita, que vai mudar o Brasil.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close