Colunistas

A necessidade de Blockchain em cuidados de saúde

 

Rodrigo Masini

Médico, CEO, Consultor estratégico em tecnologia em saúde, marketing e negócios de saúde, Executive Coach, escritor e palestrante.”A necessidade de Blockchain em cuidados de saúde”
[email protected]

É muito frequente quando uma nova tecnologia chega, gerar uma enorme quantidade de dúvidas e controvérsias. A tecnologia Blockchain tem o potencial de mudar os cuidados de saúde e a forma como nós, provedores, gestores e pacientes, interagimos com nossos serviços de saúde. Existem várias referências excelentes sobre como essa tecnologia funciona. Em vez de me concentrar na tecnologia, vou analisar alguns dos problemas mais comuns a serem resolvidos em saúde, a interoperabilidade de informações. Posso afirmar, que o Blockchain será capaz de fornecer soluções que transformarão a forma como hoje operamos as informações de saúde. A necessidade de identidade digital Blockchain está se tornando cada vez mais crítica devido ao aumento do volume de transações. O número de transações dependentes da identidade está crescendo devido ao aumento do uso do canal digital e à crescente conectividade entre as entidades. Há também um aumento na complexidade da transação, pois estas geralmente envolvem entidades diferentes, sem relacionamentos previamente estabelecidos. Além disso, no mundo em que vivemos, e isso está aumentando ao longo do tempo, cada paciente é realmente um conglomerado de uma enorme variedade de dados. No passado, um único prontuário médico em um hospital pode ter sido adequado. O paciente do futuro é um composto de vários prontuários médicos, de diversos provedores, como um hospital, clínica, consultório, farmácias, dados genômicos, grande conjunto de dados de nossos wearables, pesquisas, implantes e IoT. Através do Blockchain, todos esta enorme quantidade de dados estariam associados a uma única identidade. A identidade do paciente está na raiz de todas as transações de saúde. Um dos problemas mais desafiadores para resolver nos cui
dados de saúde é estabelecer e manter a identidade dos pacientes e os médicos credenciados para tratá-los. Uma identidade digital gerenciada sob uma cadeia de blocos com assinaturas digitais e um mecanismo de consenso fornecem uma solução de identidade imutável para cuidados de saúde. A abordagem de identidade Blockchain aborda identidades únicas que precisam ser representadas digitalmente. O único, refere-se a um indivíduo que normalmente é representado digitalmente com nome de usuário e senha, e que se desloca para a biométrica e técnicas de autenticação multifactorial, como a impressão digital, a varredura facial e o número de um telefone celular específico. Essa identidade pode então autorizar a criação e uso do prontuário eletrônico do paciente ou do médico devidamente credenciado. A identidade do paciente é capturada em uma assinatura digital e criptograficamente capturada na cadeia de blocos, que se torna a fonte imutável de verdade para a identidade do paciente. Ainda nessa linha, o Blockchain pode melhorar a segurança, fornecendo um processo de gerenciamento de identidade mais confiável. Também pode reduzir o estresse nos pacientes ao comunicar informações de saúde à medida que eles herdam mais responsabilidade sob seus próprios cuidados. Portanto, estes são apenas alguns exemplos de como esta tecnologia pode melhorar significativamente os cuidados de saúde. A interoperabilidade e o potencial de segurança do Blockchain têm vários casos de uso e podem ser a resposta para um registro de saúde longitudinal seguro e confiável, proporcionando a interoperabilidade que cada organização de saúde busca alcançar. Muitas organizações agora estão investindo em cadeias de blocos e prestadores de serviços que podem ajudá-los a integrar e adotar essas tecnologias.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Close
Close