Colunistas

A alma da democracia

 

DR. YUSSIF ALI MERE JR

[email protected]

A FEHOESP lançou seu boletim econômico em março deste ano. A segunda edição foi publicada em maio. Trimestral, a publicação mostrou dados importantes, como a criação, pelos prestadores de serviços em saúde, de 15 mil empregos no Brasil, no balanço de 2017. Um crescimento quase pífio. No primeiro trimestre de 2018, a situação melhorou e criamos 22 mil empregos. Embora animadora, a notícia não nos dá o direito ao regozijo, e nos enche de responsabilidade de continuar mudando o que precisa ser mudado.
E por falar em mudança, precisamos entender o que está acontecendo hoje. O Brasil está em transformação. Temos empresários e políticos poderosos e corruptos sendo julgados e, o que é melhor, punidos. Esse espírito precisa contaminar a cada um de nós, especialmente porque daqui a quatro meses teremos eleições gerais.
Neste contexto, a instituição menos acreditada no Brasil, sem dúvida, é a Câmara dos Deputados. Menos de um por cento da população acredita no parlamento, embora seja ela que o eleja. O Poder Legislativo cumpre papel imprescindível perante a sociedade do país, porque desempenha três funções primordiais para a consolidação da democracia: representar o povo brasileiro, legislar sobre os assuntos de interesse nacional e fiscalizar a aplicação dos recursos públicos.
Infelizmente, as legislaturas têm deixado a desejar no cumprimento de seu papel. Este ano, por exemplo, em que precisávamos das reformas previdenciária e tributária, a Câmara preferiu deixar para depois a aprovação dos temas que nos afligem e que poderiam trazer uma nova perspectiva para o Brasil nos próximos anos. De olho nas eleições, os deputados e senadores preferiram recuar a defender os interesses de quem os elegeu.
Na hora do voto, é importante fazer este diagnóstico, e ter em mente que o Poder Legislativo é a alma de democracia. Cientes deste fato, votaremos melhor, mais conscientes e seguros de um Brasil no rumo certo.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Close
Close