AMAMEDICAL, uma empresa em posição estratégica no cenário da pandemia

Cristiano Amaral é o CEO da AmaMedical, Soluções em Saúde. Nessa entrevista exclusiva para Labornews ele analisa os desafios do setor e aborda o cenário pós-pandemia.


Labornews - O setor médico-hospitalar sofreu uma imensa transformação nessa pandemia. Como você analisa isso, de forma geral?

Cristiano Amaral - Eu encaro essa transformação com bastante surpresa. Nós, brasileiros, não estávamos acostumados com esse tipo de situação. Tampouco o mundo, mas especialmente nós, acrescentando as dificuldades que já enfrentávamos no setor de saúde. O distanciamento social e os protocolos de segurança trouxeram uma grande dificuldade logo no início da pandemia. Nós aqui tínhamos projetos em andamento, como participação em feiras, que por conta do distanciamento social foram todos, de uma maneira geral, deixados em stand by. Por outro lado, houve todo esse avanço na tecnologia digital no sentido de facilitar um pouco mais o contato médico-paciente. Houve realmente esse avanço por conta da tecnologia.

 

Labornews - A pandemia foi um desafio para o comércio nacional e internacional. Como foi a gestão desenvolvida por vc nessa conjuntura?

Cristiano Amaral - Inicialmente tivemos aquela sensação de que nós devíamos enfrentar o momento. Essa situação chegou para nós em meados de março, e a primeira ideia foi ter pé no chão e avançar sobre os obstáculos que tivemos logo de início, por conta de entendermos que era o momento de a AmaMedical participar o máximo que pudéssemos. Então nós fizemos uma gestão de recursos que tínhamos até então, e decidimos pela ampliação da nossa estrutura, e pela capacitação do nosso time.

Novamente o distanciamento social nos causou um problema imediato, que era de que nós recebíamos visitas de nossos fabricantes em nossa unidade aqui em Osasco, e isso foi suspenso. Nós tivemos de reinventar a nossa equipe de maneira a adquirir conhecimento técnico e continuar atendendo nossos clientes, e nossas demandas aumentaram. E, graças a Deus, desde então seguimos com essa reestruturação comercial e técnica, e aplicando os recursos da melhor maneira possível.

 

Labornews - Em mais de 20 anos de sucesso profissional você já passou por muitas montanhas russas econômicas no Brasil e no mundo. Como sobreviver? 

Cristiano Amaral - em primeiro lugar acredito que a melhor ideia para sobreviver é ter os pés no chão no momento de crise, acreditar que toda crise tem suas oportunidades. Nós nos mantivemos firmes com a nossa ideologia de atender o ramo da saúde com excelência. E obviamente que a aplicação dos recursos disponíveis da melhor maneira possível é o que cria uma diferença.

Nós evitamos entrar em qualquer tipo de onda comercial. Nós nos mantivemos firmes naquilo que fazemos bem e procuramos ainda melhorar. Então, a ideia que nós temos aqui de sobrevivência é de gestão na aplicação dos recursos. Hoje nós temos uma equipe totalmente capacitada para atender qualquer demanda de pós-venda, assessoria técnica e científica. Anteriormente à pandemia precisávamos de terceiros ou da assistência dos fabricantes dos equipamentos. Hoje, temos 100% de possibilidade de atendimento de qualquer demanda. Eu credito que isso tudo deve-se a essa gestão de aplicação em recursos humanos aqui, na AmaMedical.

 

Labornews - O que mudou durante a pandemia e que foi o diferencial da empresa diante do mercado?

Cristiano Amaral - Primeiramente, entendo que seja nossa política de atendimento pós-vendas. Houve um cenário comercial a principio para algumas empresas, muito favorável, principalmente para aquelas que estavam num nicho das necessidades imediatas da área da saúde, e muito pouca preocupação com o atendimento ao cliente posteriormente à venda. Partimos então para estabelecer um costumer service, que hoje já está praticamente consolidado, um departamento de assistência técnica e científica. Então, algo que foi uma dificuldade inicial para nós, conseguimos resolver no processo. 

 

Labornews - Como vc avalia o mundo póspandemia para o setor médico-hospitalar?

Cristiano Amaral - O impacto maior será na transformação digital, tanto do atendimento direto do médico com o paciente, como no desenrolar do desenvolvimento tecnológico. Hoje temos a chance de fazer uma conferência com os fornecedores, com 3 ou 4 países envolvidos. O encontro tornou-se uma videoconferência, não é preciso que ninguém se locomova, ou se desloque à um centro de convenção para um evento. E isso está criando uma dinâmica muito importante e muito boa, porque facilita muito a troca de informações que antes a gente esperava uma oportunidade de uma viagem para conversar pessoalmente.

Acredito que isso, de fato, vai nos ajudar a impulsionar a capacidade que nós temos a trazer inovações.

 

Labornews - Qual é o futuro das AmaMedical - Soluções em saúde?

Cristiano Amaral - vejo a AmaMedical despontando hoje para ser um dos dos grandes players do mercado, por conta da gente ter conseguido atingir um nível de eficiência interno muito importante. Acho que envolve toda a cadeia de importação e distribuição dos equipamentos laboratoriais, que é o nosso foco: equipamentos de hematologia e equipamentos de bioquímica.

Nesses dois seguimentos, nós estamos colocando todos os nossos recursos para nos tornarmos uma referência no mercado nacional. Temos a participação atuante da Amaral e Cia Consulting, que é a empresa de inteligência tributária, de logística e desembaraço aduaneiro que é quem faz os processos de importação da AmaMedical.

E no que concerne à AmaMedical, estamos desenvolvendo a parte do pós-vendas, com representantes técnicos em cada estado. Hoje a AmaMedical se encontra em todos os estados brasileiros e estamos estabelecendo uma rede, um network, de representantes técnicos, não só aquele que coloca o folder debaixo do braço para fazer a venda, mas que conhece os nossos produtos. Fazemos o treinamento interno, e estabelecemos o nosso costumer service, que acredito ser hoje muito importante. Assim, damos as mãos para o médico, damos as mãos para o biomédico, para o chefe do laboratório, por que a máquina tem de rodar todo o período de rotina com eficiência para entregar resultados confiáveis.

Outro aspecto é a nossa participação em feiras. Estamos apresentando os nossos equipamentos, colocando a cara no mercado, e acredito que isso trará um grande impacto para nossa empresa em 2022, pois está sendo feita uma preparação muito grande para isso. Teremos a Medical Fair do ano que vem, dentre outras feiras importantes, e essa é nossa busca incessante em trazer qualidade por um custo, por um preço justo. Por isso que nós não temos intermédios nas nossas operações. Todo processo, desde o registro na ANVISA, da importação e distribuição, é a AmaMedical em todas essas etapas. Acreditamos que assim conseguiremos criar um diferencial importante que é o que está levando a nossa empresa a manter nosso padrão de crescimento.

 

A AmaMedical é o elo de distribuição e soluções em saúde da AMARAL & CIA Importadora e Exportadora Ltda. O Grupo é importador e distribuidor especializado em produtos para saúde em geral, equipamentos e insumos para laboratórios e hospitais. Nosso portfólio de produtos inclui desde equipamentos de hematologia, bioquímica e reagentes, até os mais modernos sistemas de análise laboratoriais e imagem digital.

A AmaMedical tem seu foco voltado para as atividades de distribuição, assistência técnica, e desenvolvimento de projetos biotecnológicos de equipamentos médico-hospitalares; representação por conta própria e de terceiros de produtos do ramo, bem como compra e venda, importação e exportação de equipamentos de laboratórios.

Hoje o Grupo AMARAL & CIA representa, importa e distribui as mais renomadas marcas estrangeiras e nacionais, trabalhando com um escopo de produtos com mais de mais de 3.000 itens para laboratórios, clinicas e hospitais.

O portal da empresa pode ser conferido em http://www.amamedical.com.br/PT/quemsomos. html

 

Por: Andrea Penna

NOSSOS PARCEIROS