Fazendo o Futuro Acontecer

53º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial terá mais de 100 atividades lançamento de livro sobre inovações e novidades para alunos de medicina, além de exposição com mais de 150 empresas e instituições


*Texto: Andrea Penna

O 53º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, acontecerá de 24 a 27 de setembro de 2019, no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro, mas, um dia antes, a intensa movimentação de congressistas e palestrantes começará com os cursos pré-congresso e a imensa exposição técnico-científica que reunirá mais de 150 empresas e instituições.

O evento, referência na área de patologia pela mobilização de quase 5 mil pessoas, apresentará este ano, a partir do dia 24, mais de 100 atividades entre conferências, mesas redondas, cursos, encontros com especialistas, workshops, casos clínicos, lançamento de livros e aulas de acadêmicos. Outra atividade que atrai muitos congressistas é a exposição de posters e trabalhos com apresentação oral. No último congresso foram expostos aproximadamente 400 pôsteres, em formato digital, em telas touchscreen. Os trabalhos escolhidos para apresentação oral serão avaliados e os melhores, premiados.

Desta vez, os organizadores esperam que o público do evento supere a média de 4,2 mil participantes entre congressistas, visitantes, palestrantes e expositores do Brasil, América Latina, Estados Unidos, Europa e Ásia.

Em entrevista exclusiva ao Labornews, Dr Eduardo Emery, presidente do 53º Congresso aborda os detalhes do evento.

Labornews: Conte um pouco como será o Congresso da SBPC/ML este ano.
Dr Eduardo Emery: Este ano teremos o 53º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial acontecendo na cidade maravilhosa do Rio de Janeiro. As maiores empresas e instituições nacionais e internacionais da área Laboratorial estarão em 3 mil e 800 metros quadrados de exposição, focando o tema deste ano, que é “Fazendo o futuro acontecer”. Muitas novidades na área laboratorial. Já contamos com 120 palestrantes dentro da nossa grade científica, 3 aulas magnas, 40 mesas redondas, 12 encontros com especialistas, 11 cursos pré-congressos e mais de 300 temas livres inscritos no nosso congresso. Isso garante um evento científico de excelente qualidade ja totalmente pronto e confirmado. ]

Labornews: Haverá um Fórum, também, não é? Como será esse evento?
Dr Eduardo Emery: Sim, faremos no último dia do Congresso, o Fórum de Inovação e Medicina Diagnóstica, quando contaremos com renomados especialistas com novidades internacionais para nossa atividade Laboratorial.

Labornews: como será a participação dos residentes e estudantes de medicina?
Dr Eduardo Emery: vamos contar com os residentes apresentando casos clínicos em sessões específicas. Teremos pela primeira vez, um concurso de aulas, envolvendo os estudantes de medicina, quando o vencedor terá inscrição, hospedagem e passagem gratuitas para o próximo congresso da SBPC/ML, que será em São Paulo.

Labornews: A SBPC/ML vai lançar alguma publicação?
Dr Eduardo Emery: Dentro do Programa de Recomendações da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, lançaremos o livro sobre Inovações no Laboratório Este livro será distribuído gratuitamente a todos os congressistas, como sempre fazemos e tem sido um sucesso imenso. Neste livro apresentaremos todas as novidades por escrito, mas também vamos disponibilizá-las em nosso website.

Labornews: Como será a festividade na abertura do Congresso?
Dr Eduardo Emery: Teremos já confirmada, a Orquestra do Amanhã, que é um projeto social da maior importância da Favela da Maré onde jovens executarão musicas clássicas e musicas populares brasileiras. Para que vocês tenham noção na importância desse projeto, essa orquestra já se apresentou para o Papa no Vaticano.

Labornews: E qual será a surpresa para o encerramento?
Dr Eduardo Emery: No encerramento teremos a Escola de Samba Mirim L’Avenir que é um projeto que se relaciona com o futuro das crianças, em parceria com a empresa Controllab, através do Sr. Márcio Biazoli. Este projeto , proveniente da comunidade da Mangueira, na zona norte do Rio de Janeiro, começou como uma simples bateria e hoje é praticamente uma escola de samba completa, não somente com pessoas da Mangueira, mas também com crianças de outras comunidades. Tenho certeza que esta apresentação vai encantar a todos no encerramento.

Labornews: Haverá sorteios como em congressos anteriores?
Dr Eduardo Emery: Claro! No encerramento faremos ainda os sorteios de vários brindes excelentes - posso garantir!

Labornews: Mais alguma surpresa no encerramento?
Dr Eduardo Emery: Com certeza! Ainda mais sendo um evento na cidade do Rio de Janeiro, não poderia deixar de programar um dos pontos altos do Congresso, a festa de encerramento, que será no Vivo Rio, uma das principais casas noturnas de espetáculos da cidade, que ficará à nossa disposição para que os congressistas aproveitem a banda Rio Babilonia, que acontecerá na noite de quinta-feira, dia 26 de setembro. Para vocês terem noção da animação, são 12 componentes , metais, 4 cantores e uma última surpresa, mas essa, eu não posso falar, mas será na festa de confraternização.

Dr Eduardo Emery acrescentou que a organização do congresso do Congresso fechou parceria com 14 hotéis na cidade e oferecerá transporte exclusivo entre os hotéis e o evento durante todo o evento, gratuitamente para os participantes. “Cuidamos de todos os detalhes para que os congressistas possam aproveitar ao máximo, todo o 53º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, e que vai ser um prazer imenso receber todos, na nossa cidade maravilhosa, que é o maior ponto turístico da nação brasileira”.