Debate sobre uso de opioides e outras drogas para controle da dor é destaque do 53º CBPC/ML


No dia 25 de setembro, a partir das 14h30, acontece a mesa-redonda com o tema "A problemática do uso abusivo de opioides e outras drogas no tratamento da dor". A atividade faz parte da programação do 53º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, que ocorrerá no Centro de Convenções SulAmérica, no Rio de Janeiro.

O tema foi selecionado em decorrência do crescente aumento no número de prescrições de opioides no Brasil. Estudos apontam que, em 2009, foram contabilizadas 1,6 milhão de vendas em farmácias brasileiras, com prescrição médica. Em 2015, o número saltou para 9 milhões de receitas médicas. O uso de substâncias derivadas do ópio é comumente associado ao dopping de atletas. Em 2008, o lutador de MMA, James Irvin, foi pego com metadona e oximorfina. Ele admitiu que usou as drogas quando estava lesionado e acabou se viciando nelas.

O debate irá explorar o uso clínico de opioides e outros medicamentos para dor, como dosar esse tipo de drogas e os aspectos toxicológicos. Os responsáveis por abordar os temas serão: Roberto Vlainich, especialista em Anestesiologia e Dor pela Associação Médica Brasileira (AMB), Denise Duarte Pereira, farmacêutica especialista em uso racional de medicamentos e Alvaro Pulchinelli, toxicologista e patologista clínico, presidente regional da Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) para São Paulo (capital).

Mais informações: www.cbpcml.org.br/