Entenda a importância do NT-proBNP com o novo medicamento para Insuficiência Cardíaca


Depois de anos em um cenário estável, novas perspectivas no tratamento e monitoramento da insuficiência cardíaca (IC) têm desenhado um cenário promissor na saúde. Recentemente, foi aprovado no mercado brasileiro um medicamento para tratar a IC. A droga com nome comercial Entresto® (sacubitril/ valsartana) é o primeiro medicamento da classe terapêutica dos inibidores de neprilisina e receptores de angiotensina - ARNI, na sigla em inglês.

A avaliação dos níveis da proteína auxilia o diagnóstico da insuficiência cardíaca, o monitoramento e a determinação de sua gravidade e fornece valiosas informações prognósticas. Com a chegada do ARNI, o teste de NT-proBNP também pode auxiliar o monitoramento de pacientes em tratamento com Entresto®.

O Dr. Carlos Eduardo Ferreira do Hospital Israelita Albert Einstein explica que do ponto de vista clínico e laboratorial o NTproBNP apresenta vantagens sobre o BNP, incluindo maior estabilidade in vitro e in vivo e maior sensibilidade diagnóstica.

“Do ponto de vista clínico e laboratorial, o NT-proBNP apresenta vantagens sobre o BNP, incluindo maior estabilidade in vitro e in vivo e maior sensibilidade diagnóstica” Dr. Carlos Eduardo Ferreira

NT-proBNP é um biomarcador de alto valor diagnóstico e prognóstico para a Insuficiência Cardíaca.

De acordo com as guidelines da American College of Cardiology Foundation / American Heart Association (ACCF / AHA) e Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC), a medição de NT-proBNP é recomendada e deve ser considerada. 1, 2

Os benefícios que o teste NT-proBNP Point of Care traz para os sistemas de saúde

• ECONOMIA - NT-proBNP é custo-efetivo e melhora os desfechos no diagnóstico da Insuficiência Cardíaca. 3 – 5
• SEGURANÇA - Correlação com o método laboratorial Roche. 
• ESTABILIDADE - in vivo e in vitro que permitem um melhor fluxo da amostra. 7

Para mais informações: 0800 77 20 295 ou brasil.marketingdiagnostica@roche.com

NT-proBNP, fragmento peptídico natriurético N-terminal; IC, insuficiência cardíaca; VPN, valor preditivo negativo; VPP, valor preditivo positivo; POC, Point of Care.

Referências: 1 Yancy, C. W., et al. (2013). Circulation 128(16), e240-e327. 2 McMurray, J. J., et al. (2012). Eur Heart J 14(8), 803-869. 3 Januzzi, J. L., et al. (2011). J Am Coll Cardiol 58(18), 1881-1889. 4 Luchner, A., (2012). Eur J Heart Fail 14(3), 259-267. 5 Moe, G. W., et al. (2007). Circulation 115(24), 3103-3110. 6 Jorgensen, B., et al. (2012). Clin Lab 58(5-6), 515-525. 7 Yeo, K. T. J., et al. (2003). Clin Chim Acta 338(1), 107-115.

Reg. ANVISA: cobas h 232 - 10287410670; Tira Roche CARDIAC proBNP 10287410909; Tira Roche CARDIAC Troponina T –10287410428; Tira Roche CARDIAC Dímero-D – 10287410066; Tira Roche CARDIAC Mioglobina – 10287410440; Tira Roche CARDIAC CKMB – 10287410750 COBAS e LIFE NEEDS ANSWERS são marcas da Roche. ©2018 Roche – Fevereiro 2018 - IRDL1204 Roche Diagnostica Brasil Ltda, São Paulo - SP 05321-010 - Brasil www.roche.com.br