Boldrini abraça iniciativa global da Sociedade Internacional de Oncologia Pediátrica: “Nenhuma criança deveria morrer de câncer”


O Centro Infantil Boldrini, hospital filantrópico que é referência na américa Latina no tratamento de câncer em crianças e jovens, reforça a necessidade do Brasil se comprometer com a iniciativa global lançada recentemente pela SIOP (Sociedade Internacional de Oncologia Pediátrica) e apoiada pela OMS (Organização Mundial da Saúde): “No child shold die of câncer” (“Nenhuma criança deveria morrer de câncer”) e reitera seu compromisso para que os objetivos propostos sejam atingidos no país.

Segundo dados da OMS, o câncer é uma das principais causas de morte de crianças e adolescentes em todo o mundo. Em países de alta renda, mais de 80% das crianças com câncer são curadas, mas em muitos países de baixa e média renda esta porcentagem é significamente reduzida. As razões para as menores taxas de sobrevivência nos países de baixa e média renda incluem incapacidade de obter um diagnóstico preciso, terapia quimioterápica essencial, terapia inacessível, abandono do tratamento, morte por toxicidades (efeitos colaterais) e alta taxa de recaída do câncer.

Em recente publicação no Journal of Global Oncology sobre o Acesso Global a Medicamentos Essenciais para o Câncer da Criança, citou o Brasil mencionando que “a aquisição de medicamentos mais baratos pode resultar em sérios riscos de segurança para os pacientes”. Muitos são os desafios a serem enfrentados para alcançar este índice até 2030. “O acesso irrestrito aos medicamentos e tratamento de qualidade, infraestrutura para o diagnóstico rápido e preciso estão entre os desafios. O produto farmacêutico tem que ter eficácia e segurança, dois requisitos que não podemos abrir mão quando falamos em câncer pediátrico” reforça a Dra. Silvia Brandalise, presidente do Centro Infantil Boldrini.

O Centro Infantil Boldrini possui um histórico de seriedade e respeito da comunidade médica e científica nacional e internacional. Os números e conquistas impressionam.

Centro Infantil Boldrini - Ao longo de 40 anos de atuação houve significativa redução das taxas de mortalidade, colocando os resultados atuais alcançados no Boldrini muito próximos aos publicados nos maiores centros internacionais 

www.boldrini.org.br