Empresa brasileira Regenera Stem Cells é a primeira a obter licença para trabalhar com terapia celular em animais no país


A Regenera Stem Cells obteve um marco histórico se tornando a primeira empresa do Brasil a obter registro do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) para seu produto à base de células-tronco mesenquimais na medicina veterinária. A startup de biotech também teve reconhecido seu pedido de registro para o processamento de células-tronco mesenquimais, fonte da matéria-prima de seus medicamentos para tratamentos de doenças em cães, gatos e cavalos.

Indicado para tratar as doenças osteoartrose, ceratoconjuntivite seca e sequela neurológica de cinomose, o produto CaniStem foi desenvolvido a partir de mais de 15 anos de pesquisa e 7 anos de aplicação terapêutica em animais. "A obtenção do registro para um tratamento comprovado de terapia celular, que neste primeiro momento atende os animais, é apenas o início do que estamos fazendo no Brasil. Queremos continuar investindo em pesquisas que tragam novas soluções com células-tronco", afirma a médica veterinária Michele Andrade de Barros, sócia da Regenera e responsável pelo desenvolvimento da inovadora técnica que usa as células-tronco mesenquimais disponíveis em tecidos adiposos de indivíduos adultos para o tratamento.

"Temos muitos casos de sucesso que demostram a eficácia do tratamento. Para as sequelas da cinomose, por exemplo, que muitas vezes acaba na eutanásia do animal, temos índices de sucesso superiores a 80%. Já para a ceratoconjuntivite seca a taxa de sucesso chega a 95%", explica Michele, que enfatiza a importância do exame clínico prévio para o sucesso do tratamento.

A Regenera possui, ainda, pesquisas científicas para o desenvolvimento de novos medicamentos para patologias que frequentemente afetam cavalos (como sequela neurológica de encefalopatia protozoária equina, tendinites e desmites), cães (como atopia, aplasia de medula e doença renal) e gatos (doença renal, complexo gengivite estomatite, aplasia de medula, osteoartrose, entre outras).

Sobre a Regenera Stem Cells

A Regenera Stem Cells é uma empresa de biotecnologia, inscrita no Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo sob CRMV-SP- 33715-PJ, que atua na área da Medicina Veterinária Regenerativa, trabalhando com pesquisa e desenvolvimento de protocolos terapêuticos envolvendo células-tronco mesenquimais e derivados. Composta por uma equipe multidisciplinar de biólogos, biomédicos e médicos veterinários, a empresa tem a patente requerida aqui no Brasil, nos EUA, Canadá e Europa de seus processos biotecnológicos e terapêuticos envolvendo diferentes linhagens celulares estabelecidas a partir de tecido adiposo. A empresa visa a inovação tecnológica e apresenta a sua expertise através de resultados terapêuticos inéditos mundialmente, por meio de terapias heterólogas para cães, gatos e cavalos de maneira segura e eficaz.

FONTE: MSL Andreoli

A Regenera Stem Cells obteve um marco histórico se tornando a primeira empresa do Brasil a obter registro do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) para seu produto à base de células-tronco mesenquimais na medicina veterinária. A startup de biotech também teve reconhecido seu pedido de registro para o processamento de células-tronco mesenquimais, fonte da matéria-prima de seus medicamentos para tratamentos de doenças em cães, gatos e cavalos.

Indicado para tratar as doenças osteoartrose, ceratoconjuntivite seca e sequela neurológica de cinomose, o produto CaniStem foi desenvolvido a partir de mais de 15 anos de pesquisa e 7 anos de aplicação terapêutica em animais. "A obtenção do registro para um tratamento comprovado de terapia celular, que neste primeiro momento atende os animais, é apenas o início do que estamos fazendo no Brasil. Queremos continuar investindo em pesquisas que tragam novas soluções com células-tronco", afirma a médica veterinária Michele Andrade de Barros, sócia da Regenera e responsável pelo desenvolvimento da inovadora técnica que usa as células-tronco mesenquimais disponíveis em tecidos adiposos de indivíduos adultos para o tratamento.

"Temos muitos casos de sucesso que demostram a eficácia do tratamento. Para as sequelas da cinomose, por exemplo, que muitas vezes acaba na eutanásia do animal, temos índices de sucesso superiores a 80%. Já para a ceratoconjuntivite seca a taxa de sucesso chega a 95%", explica Michele, que enfatiza a importância do exame clínico prévio para o sucesso do tratamento.

A Regenera possui, ainda, pesquisas científicas para o desenvolvimento de novos medicamentos para patologias que frequentemente afetam cavalos (como sequela neurológica de encefalopatia protozoária equina, tendinites e desmites), cães (como atopia, aplasia de medula e doença renal) e gatos (doença renal, complexo gengivite estomatite, aplasia de medula, osteoartrose, entre outras).

Sobre a Regenera Stem Cells

A Regenera Stem Cells é uma empresa de biotecnologia, inscrita no Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo sob CRMV-SP- 33715-PJ, que atua na área da Medicina Veterinária Regenerativa, trabalhando com pesquisa e desenvolvimento de protocolos terapêuticos envolvendo células-tronco mesenquimais e derivados. Composta por uma equipe multidisciplinar de biólogos, biomédicos e médicos veterinários, a empresa tem a patente requerida aqui no Brasil, nos EUA, Canadá e Europa de seus processos biotecnológicos e terapêuticos envolvendo diferentes linhagens celulares estabelecidas a partir de tecido adiposo. A empresa visa a inovação tecnológica e apresenta a sua expertise através de resultados terapêuticos inéditos mundialmente, por meio de terapias heterólogas para cães, gatos e cavalos de maneira segura e eficaz.

FONTE: MSL Andreoli

NOSSOS PARCEIROS