Encarcerados em RR são alvos de uma nova e desconhecida bactéria


Uma doença não diagnosticada, originária de uma bactéria igualmente desconhecida, está deformando o corpo de detentos da Penitenciária de Boa Vista – PAMC. Trata-se de um germe poderosíssimo que está comendo a pele viva dos internos, deixando partes do corpo em decomposição. As informações são do Peronico.

Especula-se que a doença tenha origem na grande concentração de sarna, sífilis e bicho geográfico, causando grandes feridas principalmente nãos mãos e pernas dos detentos. É tão grave e até então sem cura, que já levou para o Hospital Geral de Roraima 24 detentos, a maioria em estado grave.

https://peronico.com.br/noticias/terror-na-pamc-presos-estao-sendo-comidos-vivos-por-bacteria-desconhecida/