Mais perguntas que respostas


Intensificou-se a batalha contra a morte à mercê da covid e suas mutações. Nada parece suficiente para intimidá-la, exaurindo os esforços da comunidade científica que busca por respostas: como prevenir, como deter a transmissão e qual é o tratamento. Um retrato do desalento, senão fosse o pelotão da linha de frente, os profissionais da saúde, que não desistem, não entregam os pontos e estão diariamente na batalha, espargindo a esperança pela vitória. Por quanto tempo?

NOSSOS PARCEIROS