Rede de Cuidados Paliativos inédita no sul do Brasil é inaugurada no Paraná


Com apoio da consultoria ASAS Health, Unimed Cascavel aprimora a estrutura para atender pacientes em situações complexas e em fase final de vida

Após o trabalho guiado pela consultoria Asas Health, foi apresentada oficialmente na noite de 30 de novembro de 2020 (segunda-feira) a Rede de Cuidados Continuados (RCC) da Unimed Cascavel, no Paraná. Às 19h, os médicos Douglas Crispim (Asas Health), Danilo Galletto (Unimed Cascavel) e Juliano David (Unimed Cascavel) foram entrevistados pelo jornalista Luiz Haab, com transmissão ao vivo pelo YouTube, Instagram, Facebook, além do portal de notícias tarobanews.com.

“A RCC é a soma de um sonho com uma necessidade”, afirma o médico Danilo Galletto, presidente da Cooperativa, que sempre teve em mente deixar como legado uma estrutura capaz de atender beneficiários até a finitude da vida, ideal que surgiu de uma experiência pessoal do médico com o pai, vítima de câncer.

“Eu e meu irmão, que também é médico, encaramos essa fase da história do nosso pai e sentimos na pele o quanto é difícil. Diante das dores do câncer, percebemos o quanto é importante oferecer os melhores recursos da medicina para amenizar o sofrimento nesse momento de finitude”, explica Galletto.

Já havia dez anos que a Unimed Cascavel desenvolvia programas de atenção à saúde, mas percebia a necessidade de aprimorar a estrutura para colocar tais projetos à disposição de pacientes em situações mais complexas, muitas vezes internados em casa, em fase final de vida. Por isso, um importante investimento foi feito para capacitar equipes e criar uma estrutura-modelo de atendimento em todas as fases e diante de todas as condições de pacientes crônicos (cuidados paliativos), integrando cuidados físicos, sociais, emocionais e espirituais, sempre com apoio e cuidado aos pacientes e aos familiares deles. Foi assim que, em 2018, começava a nascer a RCC.

Como aliado na implantação da rede, a Cooperativa contou com a consultoria Asas Health. O médico paliativista Douglas Crispim foi o responsável, junto com sua equipe, pela capacitação e treinamento do time da Unimed Cascavel. As atividades de simulação realística e o nível técnico dos professores foram os diferenciais no aprendizado prático de médicos, enfermeiros e psicólogos. O treinamento de dez módulos foi realizado entre abril de 2019 e janeiro de 2020.

Logo em seguida, após uma fase-piloto, começaram os atendimentos da RCC, já implantada nas três áreas de atenção: hospitalar, ambulatorial e domiciliar. Nesses nove meses de atuação, mais de 600 pacientes já foram avaliados.

A rede conta com dois hospitais parceiros que servem de referência para quem precisa de atendimento hospitalar. Se o paciente não tem condições de sair de casa, há uma equipe multiprofissional para atendimento domiciliar. Já o Centro de Atenção à Saúde da Unimed Cascavel (CAS) é a porta para o atendimento ambulatorial.

A RCC tem ainda o NIR (Núcleo Interno de Regulação) e o Saip (Sistema de Atendimento à Intercorrência Paliativa), com um plantão de atendimento de enfermagem 24 horas. Quando necessário, outros profissionais também dão apoio, a exemplo de fisioterapeuta, nutricionista e fonoaudióloga.

Na live de segunda-feira serão apresentados depoimentos de familiares de pacientes já atendidos e explicados detalhes, sem tabus, sobre os cuidados paliativos. “Cuidado paliativo não é só aquele que se oferece no leito de morte. Na realidade, é toda a assistência física, emocional e espiritual dada ao paciente e aos familiares desde o momento do diagnóstico. Segundo estudos, pacientes crônicos que recebem cuidados paliativos continuados vivem 14% mais do que aqueles que não têm acesso a esse tipo de atendimento. É por isso que surge a RCC, para acompanhar a necessidade de cada paciente”, finaliza Crispim.

Endereço da live: https://www.facebook.com/events/432826104774469.

 

Website: http://www.asashealth.com

NOSSOS PARCEIROS