Residência em clínica Médica deve ser mantida em dois anos


Para fazer jus ao título de médico clínico são necessários dois anos de residência após a graduação. É o tempo ideal à boa formação. Está demonstrado na prática e em pesquisas que, ao concluir o R2, o profissional tem plena condição de oferecer a melhor assistência aos cidadãos. As instituições não teriam nem o que oferecer de currículo em um ano a mais.

Lamentavelmente, agora, há um lobby querendo aumentar o tempo de residência para três anos, só para explorar o médico jovem como mão de obra barata. A Sociedade Brasileira de Clínica Médica (SBCM) registra publicamente que jamais se curvará a interesses de uns poucos em detrimento da coletividade.

A desastrosa iniciativa parte de um grupo sem consistência, que atua desprovido de qualquer evidência e não respeita os direitos democráticos dos médicos clínicos nem a necessidade premente de assistência de qualidade aos brasileiros. Enfim, a proposta de mudança é puramente ideológica.

A Sociedade Brasileira de Clínica Médica esclarece que um biênio de estudos, além de perfeito do ponto de vista da capacitação, também possibilita que um médico almeje se especializar em outra área ainda jovem.

Estamos vigilantes em defesa do médico e dos pacientes. Enfrentaremos com firmeza o lobby de poderosos que deseja manter o residente eternamente como mão de obra barata, quase em regime de servidão, e não leva em consideração, em momento algum, o que é melhor para a medicina e para a população.

Fonte: SBCM