Veterinária lista alimentos prejudiciais para a saúde de cães e gatos


Uma alimentação balanceada é muito importante para que cães e gatos cresçam de forma saudável. Evitar alguns alimentos é fundamental para garantir qualidade de vida e longevidade dos pets. A veterinária Bianca Jacob Shimizu, da Clinica Franciscão, listou alguns alimentos que não podem ser oferecidos aos animais:

Chocolate: Contêm uma substância derivada do cacau, chamada teobromina, que pode causar vômito, diarreia, agitação e irregularidade nos batimentos cardíacos.

Leites e derivados: A composição do leite de vaca é diferente do leite de cadelas e gatas. Seu consumo pode causar transtornos gastrointestinais. Pães, bolos e massas: Apesar dos cães adorarem pedir um pedacinho de pão ou bolo no café da manhã, o consumo diário desses alimentos pode causar obesidade e até diabetes.

Sal e temperos: Ao preparar alimentação natural para seu animal, lembre-se que ela deve ser balanceada para as necessidades dele, ou seja, sob a orientação de um veterinário. Use quantidades mínimas de sal e nunca use alho, cebola e outros temperos.

Ossos: Apesar de associarem frequentemente os ossos com os cachorros, eles devem ser proibidos. Se ingeridos, o seu animal pode acabar ferindo o trato digestivo.

Frutas: Forneça frutas como banana, pera e melão em pequenas quantidades. Uvas podem ser tóxicas aos animais! Cuidado com frutas inteiras com grandes caroços, como as mangas.

Legumes e verduras: Alguns animais se interessam por legumes e verduras. Podem ser oferecidos como petisco em pequenas porções. Muitos adoram chuchu!

Em caso de algum desses sintomas, é preciso procurar um veterinário com urgência.  “Somente um veterinário está capacitado para definir o que é melhor para cada bichinho. Fórmulas e receitas da internet, sem embasamento profissional, podem fazer causar graves disfunções digestivas”, informa a veterinária Bianca Jacob Shimizu.

NOSSOS PARCEIROS

Nós protegemos seus dados

Saiba como usamos seus dados em nosso Aviso de Privacidade e Termo de Uso. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com os Termos de uso e a Política de Privacidade da LaborNews.